fbpx

ESSA OFERTA VAI EXPIRAR EM:

Dia
Horas
Minutos
Segundos

TENHA EM MÃOS
TODOS OS DIAGNÓSTICOS E TRATAMENTOS DE UM PACIENTE GRAVE DE FORMA SEGURA, OBJETIVA E PRÁTICA.

Fluxogramas exclusivos de fácil compreensão para facilitar o seu Plantão de uma forma que você nunca viu.

Dicas práticas de 2 cardiologistas com mais de 10 anos de experiência à beira-leito na palma da sua mão.

EU ENTENDO O QUE VOCÊ PASSA…

Sabemos que a Universidade, com excesso de carga horária e conteúdos teóricos, muitas vezes falham em nos preparar para os cenários de Emergência, onde cada segundo importa e onde a falta de um raciocínio medular pode ser fatal.

Quando você se depara com a realidade de um Plantão e uma emergência grave, onde você precisa de uma conduta rápida e assertiva para salvar a vida do seu paciente, é normal ficar nervoso(a).

1 detalhe de segundos pode ser o diferencial entre salvar a vida do paciente ou deixar passar algo grave.

E eu sei também que nos seus primeiros plantões você ia com as anotações no bloco de notas do celular que o seu veterano passou… o problema disso é que essas anotações não te dão segurança, pois não foram feitas baseadas em evidência e muito menos foram atualizadas, imagina você colocar no Google : “Qual dose iniciar da Dobutamina?”.

Por isso, quero te oferecer…

+10 ANOS DE EXPERIÊNCIA À BEIRA LEITO REUNIDOS EM FLUXOGRAMAS PRÁTICOS PARA FACILITAR SEU PLANTÃO

Pensando nessas dificuldades que há 10 anos eu também enfrentei que escrevemos esses dois Livros, tudo baseado em evidência e de simples compreensão, a ponto de você bater o olho e resolver o problema na hora! 

Imagina alguém resumir para você mais de 96 artigos, diretrizes e guidelines internacionais em Fluxogramas Práticos para você só aplicar a beira leito e o melhor ter isso ao alcance do seu celular?

Basta seguir o passo a passo que você terá em mãos tudo que você de fato precisa para dar um plantão com segurança e o melhor, embasado cientificamente.

(Agora já dá para largar esse Bloco de notas, né?)

SEM OS MANUAIS

COM OS MANUAIS

SEM OS MANUAIS

COM OS MANUAIS

Vem conhecer os Autores:

Dra. Bárbara Valente

• Doutoranda em Cardiologia pela USP/IDPC

• Médica Assistente da Seção de Coronariopatias do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia

• Especialização em Coronariopatias no Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia

• Cardiologista pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia

• Residência de Clínica Médica pelo IAMSPE

• Graduação pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR)

Dr. Bruno Coelho

• Coordenador da Emergência do Hospital Municipal do
Campo Limpo

• Preceptor da Residência de Medicina de Emergência do Hospital Israelita Albert Einstein

• Residência de Ecocardiografia pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (IDPC)

• Residência de Cardiologia pelo InCor – FMUSP

• Residência de Clínica Médica pelo HC – FMUSP

• Graduação pela Universidade Federal do Mato Grosso

Manual de Cardiologia na Prática

348

Páginas

Divididas em 2 sessões: Fluxogramas em Emergência e Eletrocardiogramas na Emergência

47

Referências Bibliográficas

Resumidas de forma prática e sistematizada para você bater o olho e resolver seu problema no plantão!

Atualizado em

2023

Divididas em 2 sessões: Fluxogramas em Emergência e Eletrocardiogramas na Emergência

VEJA TUDO O QUE VOCÊ VAI TER EM MÃOS NO MANUAL DE CARDIOLOGIA NA PRÁTICA

PARTE 01 - FLUXOGRAMAS EM EMERGÊNCIA

• 4 passos de uma dor torácica anginosa;
• É supra? Sim ou não? Se sim, existe alguma “pegadinha do supra”? O que fazer?
• SCASSST: Tem um dos 5 padrões eletrocardiográficos de alto risco ou sinais clínicos de gravidade? O que fazer em cada caso?
• Qual é o protocolo exato da Dor torácica? Internar ou não? Como se curva troponina?

Em apenas 3 fluxogramas práticos você vai entender de vez como abordar a Dor torácica no Plantão.

• O que você NÃO deve fazer nessa caso?
• E os 5 passos que DEVEM ser seguidos?
• E se ele não responde a volume, qual o próximo passo?

  • 4 Steps da avaliação do ECG na sala de emergência;
  • Aprenda a sistematizar a avaliação do ECG no Plantão. Aqui você vai ter o passo a passo completo para não deixar passar nenhum paciente grave.
  • Aqui você aprende a diagnosticar TODAS as taquiarritmias mais comuns do Plantão com um Fluxograma inédito desenvolvido pela Dra. Barbara que já foi muito usado para ensinar de forma clara sobre essas arritmias para seus alunos.
  • Cardioversão: Como realizar a sedoanalgesia nesses pacientes? Aqui você tem esse passo a passo completo.
  • É BAV de 1º, 2º ou 3º Grau? O que fazer em cada situação e qual ponto de atenção sobre BAV Avançado e BAVT?
  • Qual a dose da Epinefrina e da Dopamina nesse caso?
  • Como instalar o marcapasso transcutâneo?
  • Os 2 pilares da estratégia segura em sala de emergência;
  • Como inciar a anticoagulação?
  • Fibrilação Atrial estável ou instável?
  • Você sabia que hoje com 12 horas já há risco da formação de trombos no AE e portanto risco de AVC se reversão? Qual a melhor estratégia nesse caso?
  • Fibrilação Atrial com pré-excitação ventricular: como conduzir?
  • Emergência hipertensiva, urgência hipertensiva, Pseudocrise hipertensiva e Has Crônica mal controlada: Como definir e tratar cada um de forma prática?
  • Como tratar um Edema Agudo de Pulmão com 5 passos;
  • Quais as metas de FC e PA na Dissecção de Aorta?
  • AVCh e AVCi: Qual passo a passo no atendimento? 
  • AVCi com janela superior e inferior a 4h30: Como individualizar o tratamento?
  • Se o paciente tiver vômito, piora NIHSS > 04 ou RNC, o que fazer? 

 

Com 1 único fluxograma elaborado pelo Dr. Nalcer Canedo, neurologista, você terá todas essas respostas de forma imediata.

  • Central ou Periférica? O que fazer em cada caso?

  • Teste de HINTS: 01 positio, 01 positivo + ataxia de tronco 2 ou 3, ou todos negativos? Qual a diferença e o que fazer em cada caso?

  • Uma das causas mais frequentes de ida ao PS resumidas de forma prática para você.

    *elaborado pelo Dr. Nalcer Canedo, neurologista.

  • Quais os alvos clínicos de diurese, FC e sat do seu paciente internado?
  • Se refratário a Furosemida: 1) Usuário crônico de Furosemida; 2) Baixo débito cardíaco; 3) Síndrome cardiorrenal; 4) infusão contínua de Furosemida: O que fazer nesses casos?
  • Como fazer um Desmame seguro da Dobutamina?
  • Como definir MINOCA?
  • Como investigar esses pacientes?
  • Vasoespasmo coronariano: Qual o tratamento?
  • Ponte miocárdica: Sintomas, tratamento e contraindicação.
  • Trombose / Embolia coronária: Como fazer a investigação e tratamento correto?
  • Dissecção espontânea de coronária: Qual o mecanismo, em quem pensar e como realizar o tratamento?
  • Surviving Sepsis Campaign Guidelines 2021 resumido para você.
  • Como avaliar uma disfunção orgânica?
  • Como fazer o manejo correto da SEPSE e Choque Séptico? 
  • Quando o paciente evolui com Choque Refratário quais medidas tomar?
  • Como avaliar o ECO point of care pode te ajudar a identificar a etiologia do Choque?
  • Algoritmo POCUS no choque: Como realizar o US Pulmonar? Depois de excluir o PTX > quais são as 4 principais causas que restam? 
  • Como fazer o manejo e tratamento do choque?
  • Qual a chance de ser TEP? Quais são os sinais prováveis e improváveis? O que analisar?
  • Abordagem do TEP Estável: Quando e como dar Alta com segurança com os NOACs no PS.
  • Classificação do TEP;
  • Tratamento do TEP instável: Quando trombolisar?
  • Leve, moderada ou grave? Quais sinais e sintomas?
  • Identificando alteração eletrocardiográfica na Hipercalemia com exemplos reais e práticos;
  • Etiologias da hipercalemia;
  • CUIDADO com a Pseudo-Hipercalemia:Quando suspeitar?
  • Como tratar?
  • Como fazer a redução rápida do [k] e quais as medidas menos eficazes?
  • Definição e classificação;
  • Quais são as manifestações clínicas?
  • Identificando alteração eletrocardiográfica na hipocalemia com exemplos reais e práticos;
  • Principais causas e como fazer o tratamento?
  • Definição e classificação;
  • Quais são as manifestações clínicas?
  • Principais causas;
  • Como fazer o tratamento individualizado da hiponatremia.
  • Definição e causas;
  • Manifestações clínicas;
  • Como realizar o tratamento;
  • Exemplo de correção com caso real;
  • Definição e causa;
  • Manifestações clínicas;
  • Tratamento;
  • Etiologia.
  • Definição e causa;
  • Manifestações clínicas;
  • Tratamento;
  • Etiologia.

PARTE 02 - ELETROCARDIOGRAMAS NA EMERGÊNCIA

+150 eletrocardiogramas reais comentados por 2 Cardiologistas para você comparar com os ECGs do seu plantão e otimizar seu diagnóstico com precisão e segurança:

  • Padrão “De Winter”;
  • Síndrome de Wellens: Tipo 1 e Tipo 2;
  • Isquemia circunferencial
  • Onde posicionar os eletrodos no ECG?
  • Localização do IAM com Supra de ST; 
  • Infarto com supra de ST anterior hiperagudo;
  • Infarto com supra de ST anterior extenso hiperagudo;
  • Infarto com supra de ST anterior extenso;
  • Infarto com supra de ST anterior;
  • Infarto com supra de ST anterior extenso com extrassístole ventricular;
  • Infarto com supra de ST anterosseptal;
  • Infarto anterior extenso com fibrilação atrial;
  • Infarto anterior com bloqueio de ramo direito;
  • Infarto com supra de ST anterior evoluído;
  • Infarto com supra de ST inferior;
  • Infarto com supra de ST inferior evoluído;
  • Infarto com supra de ST inferior com extrassístoles supraventriculares; 
  • Infarto de supra de ST inferior e fibrilação atrial;
  • Infarto com supra de ST inferolateral;
  • Infarto com supra de ST inferolateral e fibrilação atrial;
  • Infarto com supra de ST inferolateral com bloqueio atrioventricular total (BAVT);
  • Infarto com supra de ST inferior com bloqueio atrioventricular total (BAVT);
  • Infarto com supra de ST inferior e de ventrículo direito; 
  • Infarto com supra de ST lateral;
  • Bloqueio de ramo esquerdo com barcelona + EM AVR (IAM com supra de ST)
  • Bloqueio de ramo esquerdo com barcelona + EM D2, D3 e AVF (IAM com supra de ST)
  • Diagnóstico diferencial de supra de ST;
  • Taquicardia sinusal;
  • Taquicardia reentrada nodal;
  • Taquicardia reentrada AV ortodrômica; 
  • Taquicardia reentrada AV antidrômica;
  • Fibrilação atrial;
  • Fibrilação Atrial de alta resposta ventricular;
  • Fibrilação Atrial de alta resposta ventricular após controle de frequência cardíaca;
  • Fibrilação atrial com bloqueio de ramo esquerdo;
  • Fibrilação atrial com bloqueio de ramo direito;
  • Fibrilação atrial com pré-excitaçao ventricular;
  • Flutter 2:1;
  • Flutter com condução AV variável;
  • Flutter com bloqueio de ramo direito;
  • Taquicardia atrial;
  • Taquicardia atrial multifocal;
  • Bigeminismo ventricular;
  • Taquicardia ventricular monomórfica;
  • Torsades de Pontes
  • Onde posicionar os eletrodos no ECG?
  • Localização do IAM com Supra de ST;
  • Infarto com supra de ST anterior hiperagudo;
  • Infarto com supra de ST anterior extenso hiperagudo;
  • Infarto com supra de ST anterior extenso;
  • Infarto com supra de ST anterior;
  • Infarto com supra de ST anterior extenso com extrassístole ventricular;
  • Infarto com supra de ST anterosseptal;
  • Infarto anterior extenso com fibrilação atrial;
  • Infarto anterior com bloqueio de ramo direito;
  • Infarto com supra de ST anterior evoluído;
  • Infarto com supra de ST inferior;
  • Infarto com supra de ST inferior evoluído;
  • Infarto com supra de ST inferior com extrassístoles supraventriculares;
  • Infarto de supra de ST inferior e fibrilação atrial;
  • Infarto com supra de ST inferolateral;
  • Infarto com supra de ST inferolateral e fibrilação atrial;
  • Infarto com supra de ST inferolateral com bloqueio atrioventricular total (BAVT);
  • Infarto com supra de ST inferior com bloqueio atrioventricular total (BAVT);
  • Infarto com supra de ST inferior e de ventrículo direito;
  • Infarto com supra de ST lateral.
  • Bloqueio de ramo esquerdo com barcelona + EM AVR (IAM com supra de ST)
  • Bloqueio de ramo esquerdo com barcelona + EM D2, D3 e AVF (IAM com supra de ST)
  • Diagnóstico diferencial de supra de ST;
  • Bigeminismo ventricular;
  • Taquicardia ventricular monomórfica;
  • Torsades de Pontes
  • Aprenda em um passo a passo simples a como diferenciá-las no plantão.
  • Aprenda em um passo a passo simples a como diferenciá-las no plantão.
  • Bradicardia sinusal;
  • BAV de 1º Grau;
  • BAV de 2º Graui MOBITZ I (Wenckebach)
  • Bloqueio 2º Grau AV 2:1;
  • Bloqueio de ramo esquerdo com bloqueio de 2º Grau AV 2:1;
  • BAV de alto grau ou BAV avançado (3:1)
  • Bloqueio AV 3º Grau ou BAV Total;
  • Bloqueio de ramo direito e bloqueio atrioventricular total;
  • Ritmo de escape juncional;
  • Síndrome BRADITAQUI;
  • Ritmo sinusal;
  • Sobrecarga ventricular esquerda (cardiomiopatia hipertrófica)
  • Sobrecarga de ventrículo esquerdo;
  • Sobrecarga de ventrículo esquerdo e taquicardia sinusal;
  • Repolarização precoce;
  • Pericardite:
  • Sobrecarga de átrio direito;
  • Sobrecarga de átrio esquerdo;
  • Sobrecarga de átrio esquerdo e de ventrículo esquerdo;
  • Bloqueio de ramo direito;
  • Bloqueio de ramo esquerdo;
  • Bloqueio de ramo esquerdo e sobrecarga de ventrículo esquerdo;
  • Intoxicação digitálica;
  • Pré-excitação ventricular (SD. WOLF – PARKINSON – WHITE)
  • Ondas J de OSBORN (Hipotermia)
  • Como calcular o INTERVALO QT corrigido: Passo a passo para medir QTc;
  • Síndrome de Brugada;[1]
  • Bullet point escondido estilo FAQ
  • Bloqueio de ramo esquerdo;
  • Bloqueio de ramo esquerdo e sobrecarga de ventrículo esquerdo;
  • Intoxicação digitálica;
  • Pré-excitação ventricular (SD. WOLF – PARKINSON – WHITE)
  • Ondas J de OSBORN (Hipotermia)
  • Como calcular o INTERVALO QT corrigido: Passo a passo para medir QTc;
  • Síndrome de Brugada.

O QUE DIZEM SOBRE O MANUAL DE CARDIOLOGIA NA PRÁTICA?

Manual de Drogas na emergência 3.0

112

Páginas

Com todas as drogas e diluições, indicações e contra indicações e o passo a passo da prescrição do doente.

78

Referências Bibliográficas

Resumidas de forma prática e sistematizada para você bater o olho e resolver seu problema no plantão!

Atualizado em

2023

Com tudo o que há de mais moderno na medicina.

VEJA TUDO O QUE VOCÊ VAI TER EM MÃOS NO MANUAL DE DROGAS NA EMERGÊNCIA

  • Sequência Rápida de Intubação com os 7P’s: Preparação, Pré-oxigenar, Pré-medicação, Indução e Paralisia, Posicionar o Paciente, Posição do Tubo e Pós Intubação.
  • 4 melhores sedativos, suas doses e quais as vantagens e desvantagens de cada um.
  • Cenários Clínicos de IOT: Asmáticos / DPOC, Cardiopatia Choque / Hipotensão e Hipertensão Intracraniana.
  • Quais são os objetivos da sedoanalgesia?
  • O que fazer quando o paciente está combativo, agitado, inquieto, sonolento ou não desperta, etc, e o alvo da sedação?
  • Fentanil, Midazolam, Propofol, Quetamina ou Dexmedetomidina?
  • Quais as doses, diluições, indicações e contraindicações de cada droga?
  • Cuidado com a Síndrome da Infusão do Propofol (SIP)!
  • Como fazer a sedoanalgesia em situações específicas como hipertensão intracraniana, estado de mal epilético, asma e choque / hipotensão ou insuficiência cardíaca?
  • Quais são as indicações de bloqueio neuromuscular (BNM) na ventilação mecânica?
  • Quais os 3 bloqueadores, suas doses, diluições, indicações e contraindicações?
  • Qual delas usar em um paciente com Nefropatia ou Hepatopatia?
  • Interfaces, Modos e Circuito da VNI;
  • Indicações e contraindicações;
  • Quando considerar intubação orotraqueal?
  • O que fazer em uma doença pulmonar obstrutiva crônica e em edema agudo de pulmão?
  • Como regular no modo PCV a/c e VCV a/c;
  • Tabela Altura X Peso Ideal X Volume Corrente do sexo Masulino e Feminino;
  • Quais são os parâmetros da ventilação protetora?
  • Passo a passo para obter Pressão Platô, Driving Pressure e Complacência Pulmonar Estática (Cest);
  • Parâmetros Necessários para iniciar desmame ventilatório e extubação: 3 Passos para fazer o desmame ventilatório e extubação;
  • Quais são os 2 vasopressores mais comumente utilizados: Mecanismo de ação de cada um, Doses, diluições, indicações e contraindicações.
  • Dobutamina, Milrinone, Epinefrina: Mecanismo de ação e efeitos adversos, Doses e diluições.
  • Nipride e Nitroglicerina: Indicações, contraindicações e peculiaridades de cada um.
  • Fluxograma de tratamento medicamentoso ambulatorial da hipertensão arterial;
  • Quando fazer monoterapia, terapia dupla ou tripla e quando associar 4º fármaco;
  • Antihipertensivos de 1ª linha (preferenciais) – IECA, BRA, Tiazídicos e BCC;
  • Antihipertensivos alternativos usados na hipertensão arterial resistente;
  • Metas pressóricas do tratamento anti-hipertensivo;
  • Quais as doses e como individualizar a dose do diurético para cada paciente?
  • Quais as indicações de trombólise?
  • Checklist da Trombólise Segura
  • Doses e protocolos específicos em cada cenário: AVEI , IAMCSSST e TEP
  • Protocolo de anticoagulação com heparina não fracionada;
  • Medicações adjuntas na síndrome coronariana aguda;
  • Qual a diluição da Amiodarona e quando utilizar.
  • Quais opções de Drogas para controle agudo da FC na emergência: Betabloqueador, Bloqueador de Canal de Cálcio Não-Diidropiridínicos e Digital;
  • Quando e como utilizar o Cedilanide na Fibrilação Atrial.

Todas as drogas e suas diluições que você precisa para tratar um paciente em Parada Cardíaca

  • Antibioticoterapia na SEPSE;
  • Antibioticoterapia Empírica;
  • Guia para Antibioticoterapia Empírica: Foco urinário e foco pulmonar;
  • Abdominal, pele e partes moles;
  • Infecção de corrente sanguínea / associada a cateter;
  • Infecções do SNC;
  • Sem foco definido;
  • Guia para antibioticoterapia guiada por hemocultura (GRAM Positivos)
  • Guia para antibioticoterapia guiada por hemocultura (GRAM Negativos)
  • Guia para antibioticoterapia guiada por hemocultura (FUNGOS)
  • Prescrição dos principais antibióticos: Otimizados pelos princípios PK/PD;
  • Betalactâmicos;
  • Macrolídeo;
  • Quinolonas;
  • Aminoglicosídeos;
  • Polimixina;
  • Vancomicina; Uso em NÃO DIALÍTICO e DIALÍTICO;

Os exatos 7 passos que você precisa seguir para fazer uma prescrição com total segurança para seu paciente.

O QUE DIZEM SOBRE O MANUAL DE DROGAS NA EMERGÊNCIA?

GUIA DE PRESCRIÇÕES de emergências cardiovasculares

174

Páginas

Com todas as prescrições que você mais precisa, das mais temidas emergências cardiovasculares, na palma da sua mão.

104

Referências Bibliográficas

Resumidas de forma prática e sistematizada para você bater o olho e resolver seu problema no plantão!

Atualizado em

2023

Com tudo o que há de mais moderno na medicina.

VEJA TUDO O QUE VOCÊ VAI TER EM MÃOS NO GUIA DE PRESCRIÇÕES:

  • 1. Síndrome Coronariana Aguda sem Supra de ST (SCASSST).
  • 2. Síndrome Coronariana Aguda com Supra de ST (SCACSST)
  • 3. Infarto de Ventrículo Direito
  • 4. MINOCA
  • 5. Miocardite
  • 6. Urgência Hipertensiva
  • 7. Dissecção de Aorta
  • 8. Edema agudo de Pulmão
  • 9. Choque Cardiogênico
  • 10. Insuficiência Cardíaca descompensada
  • 11. Taquiarritmia Instável
  • 12. Taquiarritmia Supraventricular estável
  • 13. Taquiarritmia Ventricular
  • 14. Fibrilação e Flutter Atrial
  • 15. Bradiarritmias
  • 16. Tromboembolismo Pulmonar (TEP)
  • 17. Trombose Venosa Profunda (TVP)
  • 18. Sepse e Choque Séptico
  • 19. Acidente Vascular Cerebral Isquêmico
  • 20. Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico
  • 21. Hemorragia Subaracnóidea
  • 22. Crise Epiléptica

GARANTA OS SEUS MANUAIS PRÁTICOS E AGILIZE AS TOMADAS DE DECISÃO JÁ NO SEU PRÓXIMO PLANTÃO:

Manual de Cardiologia na Prática (R$ 297)

Manual de Drogas na Emergência (R$ 297)

Guia de Prescrições (R$ 297)

🎁BÔNUS: Jornada do Paciente Grave;

TOTAL = 891,00

Por apenas…

R$ 497,00

GARANTA ANTES QUE ACABE O TEMPO:

Dias
Horas
Minutos
Segundos

EXPERIMENTE POR 7 DIAS

Garanta o seu manual, olhe todos os capítulos e, se você achar que não vale a pena, basta solicitar o reembolso que eu te devolvo todo dinheiro.

E você ainda fica com o livro para você, mas não aceitaremos reembolso de má fé.

Os 2 manuais levaram 1 ano de pesquisa para serem finalizados e temos certeza de que você nunca viu nada igual.

PERGUNTAS FREQUENTES

Dra. Barbara Valente: Doutoranda em Cardiologia pela USP/IDPC; Médica Assistente da Seção de Coronariopatias do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia; Especialização em Coronariopatias no Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia; Cardiologista pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia; Residência de Clínica Médica pelo IAMSPE; Graduação pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR)

Dr. Bruno Coelho: Coordenador da Emergência do Hospital Municipal do Campo Limpo; Preceptor da Residência de Medicina de Emergência do Hospital Israelita Albert Einstein; Residência de Cardiologia pelo InCor – FMUSP Residência de Ecocardiografia pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (IDPC); Residência de Clínica Médica pelo HC – FMUSP; Graduação pela Universidade Federal do Mato Grosso

São 100% digitais para facilitar o seu plantão e você ter todas as doses, diluições e condutas dos mais variados casos sempre ao alcance do seu celular.

Imediatamente após a confirmação da sua compra você vai receber um email da Hotmart com seu acesso para fazer o Download.

 

*O boleto pode levar até 2 dias úteis para compensação após o pagamento.

São mais de 96 artigos, diretrizes e guidelines nacionais e internacionais internacionais organizados em Fluxogramas Práticos para você só aplicar a beira leito e ter isso ao alcance do seu celular.

Basta seguir o passo a passo que você terá em mãos tudo que você de fato precisa para dar um plantão com segurança e o melhor, embasado cientificamente.

Sim, completamente. Nós temos uma parceria com a Hotmart, uma das maiores empresas de educação online do mundo.

A empresa investe em ferramentas de segurança para proteger as transações.

Uma solução é a criptografia dos dados dos compradores. Então os dados que você usa para realizar a compra são 100% protegidos!

Você tem 7 dias para experimentar sem compromisso. Se achar que não vale a pena, basta pedir o reembolso dentro desse período.

Preencha os campos abaixo para garantir a sua vaga!

Preencha os campos abaixo para garantir a sua vaga!

Preencha os campos abaixo para garantir a sua vaga!

Preencha os campos abaixo para garantir a sua vaga!

Preencha os campos abaixo abaixo para garantir a sua vaga!